terça-feira, 17 de março de 2009

AIDS - A Síndrome de Imunodeficiência Adquirida.




Bom, após madrugar, chegar ao colégio e ter a típica “guerrinha de bolinha de papel” após o intervalo, tivemos o trabalho de Biologia para apresentar.
Modéstia parte, o trabalho do meu grupo ficou ótimo!
Gelamos, trememos e esquentamos, tudo faz parte do nervosismo neah?!
Mas por fim, saiu tudo certinho, apresentamos e explicamos o tema do nosso grupo de forma bem legal; AIDS.
Pois é, tema abordado por muitos em centenas de lugares, escola, teatro, televisão, organizações de saúde, e por aí vai...
Com tudo, com todas e tantas informações, preservativos e tudo mais, muitas pessoas ainda são portadoras do vírus HIV por não se “protegerem”. No Brasil, de 600 mil, apenas 200 mil pessoas sabem que são portadoras do vírus HIV.


Fique sabendo um pocuo mais!...

O vírus pode ser transmitido através de relações sexuais em que tenham penetração (vaginal, oral, ou anal), por isso é importantíssimo o uso do preservativo;
Sangue e agulhas contaminadas também transmitem o vírus e por isso é sempre bom exigir materiais esterilizados e agulhas descartáveis;
De mãe para filho, mulheres grávidas portadoras do HIV podem transmitir o vírus para o bebê durante a gravidez, na hora do parto, ou ainda na amamentação.

Aperto de mão, abraço, beijo na boca, não transmite a doença. É horrível ridicularizar alguém por ser um portador do HIV.
Então, nada de preconceitos!

É importante ressaltar que o vírus pode demorar até 10 anos para dar sinais de existência em nosso organismo, por isso é tão importante realizar o teste anti-HIV mesmo sem sintoma algum da doença.

AIDS não tem cura
. Prevenir é a nossa melhor opção!
E não tem desculpas, afinal, camisinhas por aí é o que não falta!!!



Bom, passei o meu alerta. Agora vai da consciência de cada um!



Faça o que quiser, mas faça com camisinha ;D

7 comentários:

Jaacke disse...

Causa apoiadíssima!
Parabéns pelo post

Beeijos queriida

Gui disse...

Cara , template legaal née '. www.conexaotoonami.blogspot.com , passa no meu ?? aceitando parceria , ee bem legal esa ideia de conscientizar os povo da camisinha !

N. Araujo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jaacke disse...

Tem mais selinho pra você no meu blog!
Beeijos

N. Araujo disse...

se fosse batido, o numero nao mais aumentaria. fato.
porém se aumenta, ha um motivo, nao?
nao podemos falar que eh por falta de informaçao. pq é obvio que nao é.
talvez seja entao por excesso dela!! estranho?
talvez. mas repetir sempre banaliza.
O modo de tratar deve ser diferenciado. Como? nao sei. se soubesse trabalharia nisso!
mas se quiser ler mais sobre a banalizaçao procure artigos da Alba Zaluar. Fica ai a dica ;)

Henrique Hemidio disse...

A pergunta não quer calar

vc vota por intuição?


sobre Aids
nada a dizer
meu se pai foi disso

Marton Olympio disse...

Mais que o debate de AIDS, mulheres tem que se cuidar de outras doenças como HPV (que te tratamento mas não cura), Sifilis, gonorreia, e afins...
Olho vivo garotada.
Pq é no "não vai acontecer comigo" que a gente sifu!

http://martonolympio.blogspot.com/2008/11/vida.html

 
template by suckmylolly.com